• seg. maio 27th, 2024

Norte-americana Christine Heintz é a nova musa do Império da Tijuca

ByJORNAL GÓIAS

fev 11, 2019

Império da Tijuca terá musa havaiana em seu desfile

Vai ter muita gringa sambando desfile da Império da Tijuca. Após o sucesso causado com a musa londrina Samantha Flores que desfila há cinco anos na escola, e com a estreia da musa peruana Johana Vizcarra em 2019, a verde e branca da Tijuca anuncia a chegada de mais uma musa para completar o time de beldades gringas do próximo carnaval: Christine Heintz, a havaiana que também apresentará a sua beleza e sim, muito samba no pé no desfile da agremiação.

Além das musas gringas, a escola contará com 8 passistas de fora do Brasil, entre elas 2 australianas, duas argentinas, 1 russa, 1 japonesa, 1 suiça e 1 uruguaia e mais: 2 brasileiras que vivem na Inglaterra, 2 no Rio Grande do Sul, 1 em Santa Catarina e a musa baiana Ioná Galvão.

Apaixonada por carnaval, a nova musa da escola Christine Heintz é do Havaí e desde 2012 treina samba no pé no Brasil. Mesmo morando longe, participa ativamente do carnaval carioca desde então e no último ano desfilou como passista na coirmã Império Serrano. A musa tijuca é dançarina e já treinou samba no pé com: Mayara Lima, Carlinhos de Jesus, Uillana Adaes (ex-rainha do carnaval), Carlinhos Coreógrafo e Evelyn Bastos.

– Embora eu não seja brasileira, minha alma é. Eu não falo português, mas meus pés e quadris sim. Aprendi muito sobre a história, a cultura e a tradição do samba. Como ser musa exige dançar sozinho, sei que devo trazer boa energia, envolver a plateia, cantar o samba-enredo com orgulho e sambar com todo o meu coração. Acredito que estou pronta para assumir a responsabilidade e honrar o pavilhão da melhor maneira possível – diz.

Buscando o título e o consequente retorno à elite do carnaval, a Império da Tijuca apresentará em 2019 o enredo “Império do Café, o Vale da Esperança” de desenvolvimento do carnavalesco Jorge Caribé.

Fotos: Arquivo Pessoal /Divulgação