• dom. abr 14th, 2024

Ecomoda realiza formatura de 160 alunos em quatro cidades do estado neste mês

ByJORNAL GÓIAS

fev 20, 2019

Projeto socioambiental da Seas e do Inea capacita jovens em comunidades do Rio e em cidades do interior do estado

O Projeto Ecomoda, da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), realiza neste mês de fevereiro a formatura de 160 alunos capacitados por sua oficinas de qualificação, nas cidades de Santa Maria Madalena, Trajano de Moraes, São João da Barra e Teresópolis, no interior do estado.

Com enfoque em qualificação, trabalho e renda, os jovens aprenderam a confeccionar roupas, bolsas e acessórios, reutilizando materiais como retalhos, tecidos usados, banners e outros resíduos.

As cerimônias de formatura, que ocorrerão em unidades de conservação administradas pelo Inea, serão marcadas por desfiles de moda sustentável, com as peças exclusivas, criadas pelos alunos, sob a coordenação do estilista Almir França.

Na quarta-feira (20/2), os formandos das cidades de Santa Maria Madalena e de Trajano de Moraes receberão os certificados de conclusão na sede do Parque Estadual do Desengano. Já, na sexta-feira (22/2), será a vez dos jovens de São João da Barra, no Norte Fluminense, receberem seus certificados no Parque Estadual Lagoa do Açu. No dia 25 de fevereiro, os alunos de Teresópolis serão homenageados em uma solenidade no Parque Estadual dos Três Picos.

Em cada uma das localidades, os aprendizes tiveram o desafio de desenvolver uma coleção de roupas exclusiva, tendo uma personagem icônica da história do Brasil como homenageada.

Em Santa Maria Madalena não podia ser diferente. Cidade natal de Dercy Gonçalves, a humorista centenária foi a grande inspiração dos alunos. Já em Trajano de Morais, onde nasceu Carmen Costa, a grande cantora da MPB foi a diva inspiradora.

Em São João da Barra, os alunos escolheram a poetisa do século XIX, Narcisa Amália, mulher de vanguarda que teve seus poemas lidos a D. Pedro II. Já, em Teresópolis, a Imperatriz Teresa Cristina inspirou os alunos para transformarem lixo em realeza.