• ter. abr 23rd, 2024

ESPETÁCULO “ILHA DE SAL” ESTREIA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO

ByJORNAL GÓIAS

jul 10, 2019

Texto, poético e realista, apresenta a trajetória de sobreviventes em um mundo pós-apocalíptico

Estreia dia 16 de julho (terça-feira), na CAIXA Cultural Rio de Janeiro, o espetáculo “Ilha de Sal com “uma certa companhia”, sob direção de Morena Cattoni. A autora Livs Ataíde teve como inspiração a cidade Atafona, localizada no interior do estado do Rio de Janeiro, que foi sendo destruída pelo avanço do mar. O texto da jovem dramaturga trata sobre a trajetória de uma família isolada em uma ilha, após o mar tomar de assalto o que era originalmente seu.

O texto, poético e realista, apresenta um mundo pós-apocalíptico. A cidade está submersa. Uma única família resiste sobrevivente. Na peça, há a inserção de uma dimensão histórica e documental recente: o mais terrível desastre ambiental do Brasil, que aconteceu em 2015, na cidade de Mariana (MG), e que se repetiu este ano (2019) em Brumadinho (MG).

Em cena, o espaço da ilha é delimitado por uma estrutura de alumínio: uma tenda sem cobertura. Os personagens estão à deriva, descobrindo e criando novas possibilidades de existir – e resistir –  nas atuais condições. Em paralelo, a montagem apresenta barrancos desabados e barragens rompidas, a partir de pedaços de histórias verídicas. Ilha de sal é, portanto, sobre resistência.

A peça ganhou o edital Sesi Novos Talentos do Teatro e recebeu o prêmio para montagem deste texto inédito, tendo realizado apenas uma apresentação dentro da Mostra Novos Talentos do Teatro, no Sesi Jacarepaguá (RJ). Foram colhidos depoimentos de sobreviventes desses desastres e de outras tragédias. Memórias da infância da autora também estão presentes na dramaturgia.

A temporada na CAIXA Cultural RJ será de 16 a 27 de julho, de terça a sábado, às 19h. No elenco: Daniel Chagas, Gisela de Castro, Luiza Loroza, Marcéli Torquato, Marcio Freitas e Natália Balbino.

 

Sobre a Autora:

Livs Ataíde é artista-pesquisadora, bacharel em Direção Teatral pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Integra o Coletivo Errante, dentro do qual assinou dramaturgia e direção dos espetáculos “baleia” (2016) e “B I R D” (2016). Também assina a dramaturgia de “BICHAS” (2017), direção de Gabriel Pardella.

  • Ficha Técnica:
  • Texto: Livs Ataíde
  • Direção: Morena Cattoni
  • Elenco: Daniel Chagas, Gisela de Castro, Luiza Loroza, Marcéli Torquato, Marcio Freitas e Natália Balbino
  • Cenário: Julia Deccache
  • Figurinos: Flávio Souza
  • Iluminação: João Pedro Meirelles
  • Direção de movimento: Fernanda Más
  • Direção musical: André Sigaud
  • Direção de produção: Anacris Monteiro
  • Fotos: Diogo Nery
  • Arte gráfica: Taiane Brito
  • Mídias sociais: Natalia Balbino
  • Realização: uma certa companhia e Ouro Verde Produções
  • Apoio: CAIXA e Governo Federal
  • Serviço:
  • Ilha de Sal
  • Duração: 50 minutos
  • Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Teatro de Arena
  • Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
  • Informações: (21) 3980-3815
  • Temporada: de 16 a 27 de julho de 2019 (terça a sábado)
  • Horário: sempre às 19h
  • Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia
    Lotação: 86 lugares (sendo 2 para acessibilidade)
  • Classificação indicativa: 10 anos
    Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 13h às 20h
  • Acesso para pessoas com deficiência